2018: um ano de mudanças

Janeiro – Junho 2018

2018: todos dizem “Ano novo, vida nova” mas nunca levei isso a sério.

Contudo, este ano não podia estar mais enganada…

Ao longo dos primeiros 6 meses, surgiram alguns indícios de que algo estaria para mudar.

3,5 anos a trabalhar no mesmo sítio, chegou a altura da mudança e lá dei o primeiro passo em direcção a ela.

Julho – Setembro 2018

Então e agora? Vou voltar à saga dos envios de CV e das entrevistas?

Aquela ansiedade ao enviar vários CV e ficar a aguardar por uma resposta que nem sempre vinha.

No meio desta saga, o IEFP decidiu-me presentear com uma sessão da Medida Vida Ativa.

Já me estão a chamar para uma sessão ao fim de 1 semana de subsídio? Sessão a meio de Agosto? Tudo bem…

Após várias sagas relacionadas com a minha primeira inscrição feita em 2013 parecia que finalmente ia ter uma situação normal com o IEFP mas já lá chegamos…

Lá fui eu a caminho de Alcântara saber as minhas opções, estragando o início das férias ao resto do pessoal cá de casa.

Chegando lá, deram-me a escolher entre 3 formações específicas para licenciados/mestres/doutorados:

  • Criação de Videojogos: por muito que goste do tema, penso que este era bem fora da minha área…
  • Empreendedorismo: a maioria do curso seria Marketing Digital e como tirei já esse curso…
  • Assistente Administrativo: bem… escolha é obvia, não?

Apresentação feita e documentação assinada, vamos de férias que a família já está à espera.

Outubro 2018

Chegou o meio de outubro e começou o curso.

Expectativas elevadas, era um tema que deveria bastante útil.

E mais uma vez, bem que estava enganada.

Apesar de tudo o que nos foi dito na sessão, afinal teríamos uma carga horária de 5h/dia… De segunda a sexta-feira até meio de janeiro!

Então… E o dia semanal de procura activa de emprego?

Enfim, pode ter sido um lapso de informação na sessão mas pronto…

Ficámos na expectativa de que iria valer a pena pois para além da duração, o local exigia a todos os formandos cerca de 1h de viagem para cada lado.

E como não há 2 sem 3, mais uma vez estávamos redondamente enganados.

Novembro – Dezembro 2018

Mês e meio de curso e já todos nós morríamos de tédio.

Talvez porque a matéria era demasiado básica ou por os formadores demonstrarem algum desânimo a leccionar.

Num desses dias à noite decidi que daquela semana não passava e desatei a enviar CV para todos os lados.

2 dias depois estava muito bem a assistir a uma aula quando me toca o telemóvel.

Era de uma dessas agências de trabalho a marcar uma entrevista para o dia seguinte.

Acabei por ser selecionada para um projecto de inbound dessa empresa, abandonei a formação do IEFP e comecei de imediato a formação do novo posto.

No espaço de 1,5 semana passei da formação de sala para a formação on job de uma conhecida empresa portuguesa de electrónica de consumo e entretenimento… Na Black Friday!

Foi uma experiência interessante pois comecei logo numa das épocas altas, conheci imensa gente e desenvolvi uma das competências que me sentia menos à vontade: chamadas telefónicas.

O que me espera em 2019

Apesar de estar a falar de 2018, não poderia deixar de referir o início de 2019.

Assinei contracto mas, apesar de correr tudo bem, sentia que não estava a conseguir adaptar-me e até estava a ter problemas de saúde.

Entretanto surgiu uma nova oportunidade na minha área que não quis desperdiçar e onde estou actualmente.

E assim espero que este ano seja bem melhor que o anterior e que este artigo explique bem o motivo da minha ausência por aqui… 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.